Representação Estudantil











|ORGANIZAÇÃO ESTUDANTIL

O Instituto Federal de Alagoas estimula o pleno exercício da cidadania no Ensino Superior, através da Organização Estudantil a saber:

•DAA – Diretoria de Apoio Acadêmico do Campus Marechal Deodoro, incluída em 2010 na estrutura organizacional do Ifal

DA – Diretório Acadêmico, representando os universitários do CST-Gestão Ambiental

Todas as ações de interesse dos discentes do nível tecnológico são desempenhadas pelo Diretório Acadêmico Marcos André (D.A.M.A.), que se trata de uma entidade associativa, de caráter civil, constituída por alunos do CST-Gestão Ambiental que atuam como interlocutores da comunidade estudantil no Campus do Ifal em Marechal Deodoro, e junto às autoridades acadêmicas, municipais, estaduais e federais, bem como entidades de direito privado, inclusive, promovendo as ações e medidas que se fizerem necessárias na defesa dos interesses dos estudantes.

São finalidades do Diretório Acadêmico dos Estudantes do CST-Gestão Ambiental:

 ●Congregar o corpo discente e defender os interesses dos estudantes do curso superior de tecnologia em Gestão ambiental do IFAL – CAMPUS/MD, em suas diversas habilitações e em seus aspectos sociais, culturais, artístico e políticos;

●Defender os interesses individuais e coletivos dos estudantes participando dos órgãos de deliberação, internos e externos à instituição, que sejam afeitos à atividade acadêmica, pedagógica, pesquisa, extensão e profissional afins aos cursos ofertados pelo IFAL – CAMPUS/MD;

●Lutar pela integração e cooperação entre os membros, através de programas e projetos pedagógicos, sociais, culturais, artísticos a serem desenvolvidos intra e extra muros do IFAL – CAMPUS/MD;

●Apoiar as atividades de outras entidades congêneres, visando sempre ao bem-estar social da comunidade estudantil e da sociedade alagoana, brasileira e mundial;

●Incentivar a busca a cooperação e integração entre os três setores da instituição (IFAL – CAMPUS/MD) corpo discente, corpo docente e corpo técnico-administrativo;

●Resgatar e incentivar o estudo, a pesquisa, a extensão a arte e a cultura na comunidade acadêmica, em suas várias formas, e realizar intercâmbios com entidades congêneres da sociedade civil, pública e/ou privada, desde que não se extrapole as finalidades da entidade;

●Lutar contra improbidades e irregularidades na administração pública, nas várias esferas do poder e demais órgãos públicos que atuam nas áreas educacional, hospitaleira e ambiental, denunciando as atividades contrárias à ética pública, pugnando pela apuração e respectiva punição, civil, criminal e administrativa dos infratores;

●Lutar para que quaisquer agente político e/ou administrativo, bem como os diversos órgãos públicos e as administrações do Executivo, do Judiciário, do Legislativo e do Ministério Público cumpram as suas obrigações e finalidades, denunciando as omissões ou práticas prejudiciais aos interesses de comunidade acadêmica aos respectivos órgãos competentes;

●Lutar pela integração da sociedade com a comunidade acadêmica do IFAL;

●Articular práticas de responsabilidade social, tais como:
a) Conscientizar as pessoas da importância de um meio-ambiente ecologicamente equilibrado;
b) Conscientizar e mobilizar as pessoas para a preservação dos patrimônios históricos;

Visite o blog do Diretório Acadêmico do CST-Gestão Ambiental do Ifal a partir do link www.dama-md.blogspot.com.

Ċ
Alvaro Filho,
6 de jun de 2011 02:49
Comments