Iniciação Científica e Extensão











|INICIAÇÃO CIENTÍFICA

 E EXTENSÃO

A formação acadêmica dos alunos não pode se restringir à transmissão de conhecimentos na sala de aula, tampouco conceder a uma minoria o privilégio de realizar pesquisa e extensão, na maioria das vezes desvinculadas da organização curricular. O aprimoramento da relação entre ensino, pesquisa e extensão torna-se um imperativo no CST-Gestão Ambiental, no sentido de que a prática pedagógica, de fato, viabilize a compreensão crítica da realidade, tão necessária à promoção do desenvolvimento sustentável e transformação da sociedade.

As ações de pesquisa e extensão, relacionadas como parte da estrutura curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, mantêm uma estreita vinculação com o núcleo epistemológico do curso, a partir do perfil profissional delineado no projeto pedagógico. As ações de extensão possibilitam aos estudantes a vivência de experiências significativas, que dêem as mesmas condições de refletir sobre as grandes questões da atualidade e, a partir da experiência e dos conhecimentos produzidos e acumulados, possam consolidar uma formação compatível com os anseios de uma nação que se pretende cidadã.

Desenvolver ensino, pesquisa e extensão, numa dimensão indissociável no CST-Gestão Ambiental, assegura a construção de um outro conceito de “sala de aula”/espaço de formação para além dos muros do IFAL-Campus Marechal Deodoro.

Atualmente, existem no Campus do Ifal em Marechal Deodoro quinze (15) projetos de pesquisa e sete (07) projetos de extensão, envolvendo mais de cinquenta (50) alunos da Instituição entre contemplados com bolsas no valor mensal de R$ 300,00 e estudantes voluntários.

Dessa maneira torna-se imperativo:

●Consolidação da pesquisa e da extensão como prática permanente e fonte de retroalimentação curricular do Curso de Gestão Ambiental;

●Atrelamento das atividades de pesquisa e extensão às necessidades da comunidade em todos os domínios sociais para os quais o IFAL-Campus Marechal Deodoro tenha potencial de atuação, quer seja nos âmbitos: tecnológico, cultural, político e educacional;

●Valer-se da pesquisa e da extensão como mecanismos de consecução da função social do IFAL-Campus Marechal Deodoro e dos objetivos do CST-Gestão Ambiental;

●Realização das atividades de pesquisa e de extensão demandadas pela cadeia social e produtiva, bem como a pesquisa em educação ambiental e no plano de inovação de tecnologias limpas.




|PROJETOS DE PESQUISA

1. TÍTULO DO PROJETO:
A SOCIEDADE ALAGOANA

Professor Fabiano Duarte Machado
Área: História
   
Coordenador
do Projeto
Ano Inicial: 2011
Ano Final: 2011
   
       
 Bolsista(s): 1. X
2. Y
   
Voluntário(s): 1. X
2. Y
   

|PROJETOS DE EXTENSÃO

1. TÍTULO DO PROJETO:
A SOCIEDADE ALAGOANA

Professor Fabiano Duarte Machado
Área: História
   
Coordenador
do Projeto
Ano Inicial: 2011
Ano Final: 2011
   
       
 Bolsista(s): 1. X
2. Y
   
Voluntário(s): 1. X
2. Y
   


Comments