Contexto Educacional do Ifal














|A INSTITUIÇÃO























Magnífico Reitor do Ifal,
Prof. Sérgio Teixeira Costa


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (ex-CEFET/AL) foi concebido em 23 de setembro de 1909, pelo então Presidente da República Nilo Peçanha. Ao longo dos 100 anos de existência, a Instituição recebeu diversas denominações: Escola de Aprendizes Artífices de Alagoas (1909 -1937); Liceu de Artes e Ofícios (1937 - 1942); Escola Industrial de Maceió (1942-1956); Escola Industrial Deodoro da Fonseca (1956-1965); Escola Industrial Federal de Alagoas (1965-1968); Escola Técnica Federal de Alagoas (1968-fev/1999); Centro Federal de Educação Tecnológica (mar/1999-dez/2008); e, a atual denominação, decorrente da promulgação da Lei Federal nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, que institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, que nos leva a definir a nossa identidade institucional: IFAL, na celebração dos 100 anos de existência da Rede Federal no país e, especialmente, no Estado de Alagoas.

O Instituto Federal de Alagoas tem por missão promover uma educação de qualidade através do ensino, pesquisa e extensão, com espírito crítico e inovador, gerando conhecimentos científicos e tecnológicos que promovam o desenvolvimento sócio-cultural e tecnológico da sociedade alagoana e brasileira. Hoje, com horizontes ampliados, o IFAL oferta a Educação Profissional em vários níveis: Técnico, Graduação (Bacharelado, Licenciatura e Tecnologia) e Pós-Graduação (Lato Sensu e Stricto Sensu), além de promover estudos de pesquisas e desenvolver projetos, produtos e serviços, em articulação com os setores produtivos e a sociedade.
 

Com base na lei n.º 11.892, de 29 de dezembro de 2008, são finalidades e características do IF/AL:
I. ofertar educação profissional e tecnológica, em todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas na atuação profissional nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioeconômico local, regional e nacional;
II. desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais;
III. promover a integração e a verticalização da educação básica à educação profissional e educação superior, otimizando a infra-estrutura física, os quadros de pessoal e os recursos de gestão;
IV. orientar sua oferta formativa em benefício da consolidação e fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais, identificados com base no mapeamento das potencialidades de desenvolvimento socioeconômico e cultural no âmbito de atuação do Instituto Federal;
V. constituir-se em centro de excelência na oferta do ensino de ciências, em geral, e de ciências aplicadas, em particular, estimulando o desenvolvimento de espírito crítico, voltado à investigação empírica;
VI. qualificar-se como centro de referência no apoio à oferta do ensino de ciências nas instituições públicas de ensino, oferecendo capacitação técnica e atualização pedagógica aos docentes das redes públicas de ensino;
VII. desenvolver programas de extensão e de divulgação científica e tecnológica;
VIII. realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, o empreendedorismo, o cooperativismo e o desenvolvimento científico e tecnológico;
IX. promover a produção, o desenvolvimento e a transferência de tecnologias sociais, notadamente as voltadas à preservação do meio ambiente.


Breve Histórico das Denominações ao longo dos 100 anos de existência da Rede Federal de Educação Profissional no Brasil e no Estado de Alagoas

●Instituto Federal de Alagoas (a partir de dez-2008)

● Centro Federal de Educação Tecnológica (mar/1999-dez/2008)
● Escola Técnica Federal de Alagoas (1968-fev/1999)
● Escola Industrial Federal de Alagoas (1965-1968)
● Escola Industrial Deodoro da Fonseca (1956-1965)
● Escola Industrial de Maceió (1942-1956)
● Liceu de Artes e Ofícios (1937-1942)
● Escola de Aprendizes Artífices de Alagoas (1909-1937)

Ċ
Alvaro Filho,
5 de jun de 2011 22:19
Ċ
Alvaro Filho,
5 de jun de 2011 22:19
Comments